Glossário – O

OBJETIVO – 1. Valor que, num gráfico de somas acumuladas, é subtraído de cada valor observado antes de serem somados os resultados. 2. Conjunto de resultados obtidos em amostragem seqüencial e múltipla que qualifica um lote como aceitável. 3. Alvo a ser atingido por uma organização, num prazo especificado.

 

OBJETIVO DA QUALIDADE – Condição, estado, padrão ou resultado quantificado da qualidade desejada, a ser perseguido, alcançado e mantido em um período de tempo previamente estabelecido.

 

OBSERVAÇÃO – Processo ou resultado da determinação da presença ou ausência de atributos, ou realização de medidas ou análise de uma variável.

 

OPERAÇÃO – Combinação de todas as ações técnicas e administrativas destinadas a permitir que um item cumpra uma função requerida, reconhecendo-se a necessidade de adaptação na ocorrência de mudanças nas condições externas.

 

OPORTUNIDADE – Conjunto de forças externas favoráveis à organização.

 

ORGANISMO CERTIFICADOR – Organismo imparcial, governamental ou não, ou a organização da qualidade do fornecedor, que goza da necessária competência, confiabilidade e integridade para certificar um sistema da qualidade, compreendendo os serviços e operações necessárias, por meio do qual estão representadas todas as partes que dizem respeito ao funcionamento do sistema.

 

ORGANISMO DE PRIMEIRA PARTE – Diz-se do produtor ou fornecedor, privado, público ou misto.

 

ORGANISMO DE SEGUNDA PARTE – Diz-se do cliente, comprador ou usuário, pessoa física ou jurídica (privada, pública ou mista).

 

ORGANISMO DE TERCEIRA PARTE – Diz-se de profissional ou empresa independente, imparcial, privada, pública ou mista, que possui a necessária competência e confiabilidade e esteja autorizada a representar os interesses da primeira e segunda partes interessadas, com respeito a um assunto para o qual tenha sido chamada a dar um parecer, podendo também referir-se a uma qualificação ou certificação.

 

ORGANIZAÇÃO – 1. Empresa, firma, instituição, estabelecimento, empreendimento ou grupo, público ou privado, que compra e vende materiais, itens, produtos ou presta serviços, com ou sem finalidade lucrativa. 2. Estruturação de uma empresa constituída pela divisão de suas atividades em funções, subfunções e tarefas elementares.

 

OUTPUT (SAÍDA) – Resultado(s) em termos de produtos, serviços e/ou informações de um processo, ou seja, somatório de entrada(s) mais um valor agregado.

 

Voltar