Gestão da Produtividade da Rotina II

Gestão da Produtividade da Rotina II                                                 
Por: Prof. Oceano Zacharias                                                                  

Gestão da Produtividade da Rotina II –

Delegação Delegar é preciso, Centralizar não é preciso

 Nesta coluna do mês passado abordamos o aspecto das diversas graduações de importâncias que as atividades gerenciais possuem. Estabelecemos um critério que as classificava em essenciais, importantes, secundárias e desprezíveis.

Resumidamente: Uma atividade é considerada essencial se ela está relacionada com a perenidade da empresa, isto é, esta tarefa é pertinente com o futuro da organização. Uma tarefa tem a graduação de importante quando ela é fundamental para garantir o dia a dia da organização.

Atividade secundária é aquela que necessita ser realizada, mas deveria ser executada por alguém da equipe, isto é, por algum cargo de degrau abaixo. Por último, uma atividade é desprezível quando não deveria ser realizada – nem por quem a está executando, e nem por outra pessoa. Ao final daquele texto propúnhamos uma fórmula muito prática para calcular o grau de performance com que gerenciamos nosso tempo, uma vez que, argumentávamos, não se melhora o grau de desempenho de uma organização se o corpo gerencial estiver atabalhoado de atividades categorizadas como secundárias ou desprezíveis. E como sair desta? delegando!

 

Leia mais sobre, clicando no botão a seguir:

Visualizar arquivo

 

 

Voltar